18º FENAVID
SERÁ EM JOINVILLE - SC
DE 24 a 26 DE SETEMBRO 2015



 

MOSTRA DE ARTE - Arte em vidro reclicado

Arte em vidro reciclado poderá ser conferida durante a Fenavid
Evento voltado para o vidro na construção civil também irá atrair decoradores e consumidores finais

A 14ª. Fenavid - Feira Nacional do Vidro e Alumínio, que será realizada neste ano na cidade de Florianópolis (SC), do dia 23 ao dia 25 de junho, inova nesta edição e vai além do vidro para construção civil. Artistas da região sul aproveitam a oportunidade para mostrar que vidro também é arte e realizam a Mostra “Vidro em Arte”, a ser realizada paralelamente à Feira.

Através da técnica de fusing – vidros moldados sobre temperaturas em torno de 840ºC a partir de vidro reciclado, estes profissionais criam belas e diferenciadas peças para decoração, como luminárias e vasos, e ainda trabalhos inusitados, como treliças e até “sapatos de vidro”. De acordo com o organizador da Fenavid, Eduardo Saraiva, foi disponibilizado gratuitamente uma área de 120 m2 para que a mostra aconteça. “Além de divulgar seus trabalhos, os artistas levarão para o evento mais cor, transparência e luz, o que vai atrair além do público da Fenavid voltado para a construção civil, outros perfis como decoradores, arquitetos de interiores e consumidores finais”, afirma o organizador.   

Outro aspecto positivo da mostra é a contribuição social e ambiental que representa a técnica da arte em vidro. A matéria-prima para a arte de fusing tem origem nas sucatas coletadas em vidraçarias, garrafas descartadas, bares e demolidoras, que, se não fossem reciclados, seriam lançados ao meio ambiente a cada dia.“É uma grande satisfação poder ganhar a vida e ao mesmo tempo contribuir com o meio-ambiente e com a sociedade”, afirma Eugenio Ferenc, que há seis anos trocou a profissão de técnico-eletrônico e uniu forças junto à esposa Soeli para uma nova forma de viver e trabalhar. Atualmente ambos trabalham unicamente com a técnica, e suas obras de arte já foram expostas em várias mostras na região sul e poderão ser conferidas pelos visitantes durante o evento.

A criatividade ganha asas com o vidro moldado em altas temperaturas. “Sapatos de vidro” foi a temática utilizada pela artista plástica Heloisa Petry, moradora da cidade de Novo Hamburgo, a 30 km de Porto Alegre. A idéia de criar sapatos de vidro nasceu de forma espontânea, através das memórias de sua infância – Heloisa é filha de um calçadista da cidade hamburguense. Encantada com as possibilidades de manuseio do vidro, Heloisa utilizou as lembranças das brincadeiras no chão da fábrica cheio de calçados como referência para o seu processo de criação.

Botas, sapatos e sandálias de vidro ganham cores e efeitos visuais com a utilização de fios de cobre e miçangas, que são algumas das obras que mais ganharam repercussão na carreira da artista. Mas sua lista de criações vai muito além dos sapatos. Poderão ser conferidos no evento peças para decoração como treliças, castiçais de velas, e até troféus em vidro feitos sob encomenda.

Outra artista que mostrará obras diferenciadas em vidro é a curitibana Loire Nissen, que é responsável pela organização da mostra. Loire vai mostrar trabalhos em vidros termo-moldados e vitrais que captam a luz e compõem peças tridimensionais, formando verdadeiras esculturas em peças abstratas e utilitárias, como luminárias únicas. Atualmente, a artista é responsável pela oficina de trabalhos em vidro do Museu Alfredo Andersen e faz parte do conselho curador da casa João Turim, na cidade de Curitiba.

Já a artista e secretária executiva aposentada Luci Lamar encantou-se com a arte em vidro por acaso. Ao auxiliar o marido proprietário de uma pequena vidraçaria, Luci chateava-se com a quantidade de cacos de vidro que era desperdiçada e resolveu “agir” e mudar de vida. Após ter trabalhado praticamente como autodidata durante alguns anos, Luci investiu na compra de um forno e em cursos como os de vitral e de fusing, no Centro de Cultura Italiana, que possibilitou a ela premiações e menções honrosas pela cidade de Joinville. “Sinto que a cada fornada, a criatividade aumenta e parece não ter fim”, diz a artista, animada com as mudanças que a arte proporcionou a ela. Durante a Fenavid, Luci mostrará cubas, peças decorativas, utilitários, quadros, cinzeiros, entre outros trabalhos.

Além destes artistas, já confirmaram para expor na mostra a artista Eliane Mara Chichof, que irá expor peças para decoração feitas em fusing com pinturas específicas, a artista Selene Calafange, que mostrará vasos, luminárias, relógios, esculturas e painéis, entre outros artistas que ainda preparam criações especiais para o evento.

 

Serviço:
Mostra Vidro em Arte
14ª. Fenavid – Feira Nacional do Vidro e Alumínio.
Data: 23,24 e 25 de junho.
Horário: 13 às 21h.
Local: Centrosul - Av. Gustavo Richard, s/n. Baía Sul, Centro. Florianópolis.

Contato para empresários interessados: 11 2255  - 6042 / 11 2255 - 6381 / 11 2255 – 6382
Informações para a imprensa:

Mariana Queiroz - mariana@qmidia.com.br
Q!MÍDIA – Assessoria de Comunicação
(11) 3034-4794 / 8778-2909
 
 
   
 

 
APOIO
       
 
DIVULGAÇÃO LOCAL REALIZAÇÃO
   
 
Todos Direitos Reservados ® Fenavid 2004 - 2011
Telefones: + 55 11 2255-6042 / + 55 11 2255-6381 / + 55 11 2255-6382. E-mail: contato@fenavid.com.br